Etiquetas

, , ,

Não queria fazer desse blog um diário, mas minha vontade de narrar minha própria história chata é mais forte que eu, então pensei em dar a dica do melhor filme sobre apocalipse já feito em Hollywood (This is the end), mas vou falar do meu aniversário que também não deixou de ser pelo menos um pouquinho apocalíptico, por eu mesma ter passado o tempo todo me julgando, me testando e me confessando.

24/10

Acordei extremamente feliz porque minhas amigas parecem não perceber que eu sou idiota ou então me amam mesmo eu sendo bem idiota de vez em quando. Só sei dizer que as demonstrações de carinho que recebi delas, do meu marido e da minha família fizeram meu coração derreter. O que foi imprescindível para o estado ao qual eu consegui chegar no fim da noite, afinal depois que o seu coração já tá derretido, a mente derrete muito mais rápido e eu acho que acabei vendo estrelas bem antes do que esperava.

A cada “feliz aniversário” que mais soava pra mim como uma declaração de amor, meu coração pulava uma batida, como dizem os americanos. Acho que não temos uma expressão como essa, né? Foi exatamente o que eu senti. Meu coração parava e voltava a funcionar, esse mecanismo era acionado pelo sentir-me amada. Não é que eu não me sinta amada o tempo todo, mas o amor que me alimenta normalmente é bem diferente desse. A abertura desse canal, me vulnerabilizou intensamente. Naquele dia eu era só uma página aberta pra ser lida ou escrita por quem quisesse.

Isso me deixou exausta por quase três dias. Isso me fez ganhar e perder pessoas que vivem dentro de pessoas, eu sei. E não me arrependo. Eu sigo sendo eu, eu sigo fazendo as mesmas escolhas de sempre. Eu sigo escolhendo dizer a verdade, aquela verdade que só diz respeito a mim e que no momento que sai da minha boca, sai bem menos bonita do que o que eu sinto. Eu juro que dentro de mim, tudo é uma explosão de felicidade, tudo é lindo, tudo é carnavalesco, tudo é fantasia. É o mundo que a gente vive e tudo que já te disseram que transforma o que eu sou e o que eu falo nessa esquisitice incompreensível.

Anúncios