Em outubro eu acordo estranha de vez em quando, com aquele sentimento de não saber o que eu tô sentindo, sentimentos ruins que eu prefiro não conhecer e não entender mesmo. Talvez seja só a nuvenzinha do inferno astral que fica pairando na minha cabeça. E mesmo que aqui a gente não acredite muito em astrologia, aproveito esse momento de tensão espiritual pra criar uma pequena tabelinha mental/musical com três níveis de tristeza.

Acredito que o jeito que uma música te toca é muito pessoal, certa música que me faz chorar, pode te deixar pulando de alegria, ou pra ser menos exagerada, pode te deixar apaixonado, por exemplo. Essas musiquinhas aqui embaixo, por algum motivo, em algum ponto da minha alma, me entristecem. Ou quem sabe elas nem entristeçam, pode ser que elas só tenham o poder de chegar nesse ponto triste escondido dentro de mim, fechado a sete camadas de tecido.

Nível 1- Made of Stone- The Stone Roses

Nível 2- Shelter- The XX

Nível 3- Make you feel my love- Adele

Mas nos dias de hoje, quem se importa com o que os outros sentem? Os sentimentos de cada um são cada vez mais trocados por esse sentimento grupal de “somos um só” que por algum motivo, fizeram vocês acreditarem que é o bom da vida. Ou por algum outro motivo, me fizeram acreditar que o bom era sentir sozinha, sentir o que eu quisesse, sentir mais pra sentir melhor e não sentir só porque os outros sentem. E eu sigo sentindo assim.

Anúncios