Oi. E aí.. como você tá? Desesperada porque não faz a menor ideia do que te aguarda no futuro e tão mandando você escolher o que você quer fazer da vida agora, com 16 anos? Sim, é uma filhadaputagem mesmo.. todos nós passamos por isso. Meu primeiro conselho seria pra você esperar até ter certeza do que quer e só então se matricular em algum curso, mas a gente sabe que isso NUNCA vai acontecer, você nunca vai se decidir por qualquer coisa que seja pra sempre (na verdade, vai, mas vamos por partes).

Eu sei que se te perguntassem: o que você mais gosta de fazer? Você responderia: ler e escrever, desde que você tem 3 anos de idade. Então, pra começar nosso monólogo, que tal letras? Sim, todos os seus amigos vão te chamar de hippie e falar que você vai ser pobre pro resto da tua vida, não só teus amigos, tua família e teus professores também e isso vai te desanimar. Não liga, você não nasceu pra fazer letras, quer dizer, talvez tenha nascido, só que não vai conseguir se manter naquele curso cheio de gente esquisita nem por 2 anos, aposto. Vai ser monótono demais, você vai virar uma bela de uma maconheira que escreve muito bem, oh wait, você não precisa fazer faculdade de letras pra chegar aí.

Tem Direito, né? Pra você que ama discutir com todo mundo e defender suas opiniões por mais absurdas que elas sejam, parece fazer todo sentido do mundo. Só que direito não tem nada a ver com suas opiniões, tem a ver com ler, interpretar e reproduzir as opiniões dos outros. E tem a ver com gente quadrada, daquele tipo que você mais odeia. Claro que estudando Direito a gente aprende algumas coisas úteis. Talvez um dia, quando você ficar mais velha, o país se afunde em debates políticos vazios e você, quieta na sua, vai saber mais do que queria sobre o que acontece (mais do que queria e menos do que suficiente pra tentar convencer alguém do teu ponto de vista, não entra nessa.).

Medicina, Veterinária, Engenharia estão fora de cogitação pra você. Eu sei que você só estudou uma vez na tua vida, pra uma prova de química e esse tipo de comportamento não é suficiente pra sustentar nenhum desses 3 cursos que mencionei.

Sim, seria uma delicinha se você virasse psicóloga e passasse o resto da tua vida escutando histórias das outras pessoas, só que eu fico apavorada só de pensar você com tamanha influência sobre qualquer um que seja. Imagino muito você seduzindo todos os teus pacientes e não melhorando a vida deles em absolutamente nada, então não.

Atriz da Broadway!!!!! Não seria lindo? Pena que você não sabe cantar. NÃO. Não adianta, você não sabe cantar. Você ainda vai chorar pela causa. E o que te resta sem saber cantar? Resta ser uma dançarina de buatchy e não, nós não queremos isso (por mais divertido que possa pareccer).

Vira filósofa! Por mim!! Eu sei que parece estranho, ainda mais se você pensar no teu professor de filosofia do colégio, mas lembra o quanto você gostou de O Mundo de Sofia? Filosofia tem tudo a ver com você, você tem que aprender a pensar direito, canalizar esses pensamentos loucos que você já tem e só vão piorar, além disso, você vai poder e vai ter que escrever horrores e ler mais ainda. Te amo! Não desiste da gente.

Beijos.

Anúncios