Antes de começar, por favor, se você é muito religioso, acredita exatamente no que o Novo Testamento diz e odeia quem não acredita em algum mínimo detalhe, não leia. Eu vou falar de Deus, vou falar de Jesus Cristo, vou falar dos judeus e vou falar do jeito que eu quiser, licencinha.

Eu nunca fui de ir à igreja (ou qualquer outro templo de adoração à qualquer deus), nunca gostei, nunca entendi. Fui batizada e fiz primeira comunhão mas quando pude escolher, não fiz crisma e nem casei religiosamente. Nunca li a bíblia mas morro de vontade. Além da igreja católica, já entrei em centros espíritas e igrejas evangélicas. Todos me fizeram bem, nenhum me deu uma religião.

Aqui na minha empresa, toda quarta tem um culto que era pra ser ecumênico mas não é, é evangélico. O cara só fala de Jesus, Jesus, Jesus, que a gente tem que acreditar em Jesus, que ele era filho de Deus, que ele fez milagre, que nós somos o rebanho dele… e numa boa?? NÃO ME CHAMA DE REBANHO. E não vem me falar que Jesus é Deus. E não vem falar que os judeus foram babacas de matar Jesus.

Vamos lá, pra começar, eu não sou rebanho de ninguém. Não vou passar o resto da minha vida, seguindo os ensinamentos de apenas UMA pessoa. Prefiro fazer um apanhado de tudo que me falaram, tudo que eu li, tudo que eu vi e fazer da minha mente, meu próprio pastor.

E, corrija essa porra de falar que Jesus é Deus, ainda mais num culto ecumênico. Deus é amor, Deus é energia.. você pode até transferir isso pra Jesus Cristo, mas se eu quiser meu Deus pode ser um ET, pode ser uma flor, Deus é onipresente não é? Meu Deus posso ser eu mesmo ou você.

Agora poupemos os judeus que assassinaram Jesus. Imaginem a cena: Chega um cara, gato (pelo menos nas reproduções que foram divulgadas pelo mundo), falando que é mais filho de Deus que o resto de nós, falando que faz milagre, que é pra todo mundo fazer o que ele mandar e blablablá. Aliás, imaginem o Inri Cristo. Porque Jesus teve mais credibilidade que ele? Porque era melhor, mais cativante e mais inteligente. Ou vocês realmente acreditam que Maria era virgem, que o anjo Gabriel fez uma inseminação artificial nela no ano 0 ou que Jesus transformou a água em vinho?? Assim, literalmente? E naquela época, provavelmente estelionato era punido com a crucificação. Lidem com isso. Não é mais certo debochar de Inri Cristo agora do que foi debochar de Jesus na época. Aposto que se já exisitisse youtube no ano 30 d.c. teríamos vááários videozinhos de Jesus bombando, fazendo mil milagres, vários eventos dele no facebook e por aí vai.

Resumindo: eu quero meu Deus como eu quero.

Anúncios